Brasil pode ampliar parcerias com a OEI na área cultural
Brasil pode ampliar parcerias com a OEI na área cultural

Brasil pode ampliar parcerias com a OEI na área cultural

OEI. 07/02/2017
Tamanho do texto+-

          

Acompanhado da diretora da OEI no Brasil, Adriana Weska, e da assessora internacional do Governo do Distrito Federal (GDF), Ione Carvalho, o Secretário Geral da OEI, Paulo Speller se reuniu, nesta segunda-feira (6), com o Ministro da Cultura, Roberto Freire, para se apresentar, ratificar as atuais parcerias e se disponibilizar para a construção de novas ações conjuntas. 
 
"Há anos o Brasil atua em conjunto com o grupo de países que compõem a OEI. Viemos aqui para nos colocar à disposição para continuar a parceria e avançarmos", afirmou Speller. 
 
Atualmente, o Brasil – por meio do Ministério da Cultura (MinC) – possui parcerias com a OEI em ações de desenvolvimento e gestão de museus, na promoção de ações de incentivo à leitura, como o Prêmio Viva Leitura (com apoio do Ministério da Educação), no Programa Ibermuseus (programa intergovernamental de fomento e a articulação de políticas públicas para a área de museus e museologia), e no IberCultura Viva (programa de cooperação técnica e financeira voltado ao fortalecimento das culturas de base comunitária dos países ibero-americano, em especial os Pontos de Cultura).
 
"Queremos trabalhar em ações com efeitos mais permanentes para a sociedade, como melhorias em museus, teatros e bibliotecas", afirmou o ministro. De acordo com Freire, justamente por essa nova diretriz, o MinC busca resultados mais permanentes, e o interesse e o apoio de órgãos como a OEI serão essenciais para colocar em prática essas ações. 
 
Também participaram da reunião o Secretário de Articulação e Desenvolvimento Institucional do MinC, Adão Cândido, e o Coordenador-Geral de Cooperação e Relações Internacionais do Ministério, Eduardo Coelho.

Adaptado de Assessoria de Comunicação do Ministério da Cultura