Lançamento da 5ª edição do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos
Lançamento da 5ª edição do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos

Lançamento da 5ª edição do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos

OEI. 30/05/2017
Tamanho do texto+-

O Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos, organizado pelo Ministério da Educação e pelo o Ministério dos Direitos Humanos lança sua 5ª edição.   Além da Organização de Estados Ibero-americanos – OEI, são parceiros do Prêmio a Fundação SM, o Conselho Nacional de Secretários de Educação – CONSED e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – UNDIME.

O Prêmio reconhece ações em Educação em Direitos Humanos bienalmente e tem como objetivo contribuir para a formação de uma cultura que defenda valores, atitudes e práticas sociais que respeitem os direitos dos cidadãos na sociedade, promovendo projetos que ajudem a construir uma nova percepção de mundo, com respeito à diversidade, à convivência pacífica e ao exercício da liberdade. 

Os projetos inscritos devem se encaixar em uma das temáticas abaixo:

Programas em favor da convivência na escola, direito à educação, direito de infância, comunidade e/ou sociedade;

Programas em favor da paz;

Programas em favor da liberdade de pensamento, consciência, religião, opinião e expressão;

Programas em favor do bem-estar social e cultural;

Programas para acabar com a discriminação a outros grupos culturais, minorias e pessoas com deficiência;

Programas de sensibilização e conhecimento dos Direitos Humanos.

As inscrições devem ser feitas até 10 de julho de 2017 pela Página do Prêmio:  http://www.educacaoemdireitoshumanos.org.br/?page_id=61

Nesta edição, o Prêmio será considerado como a etapa brasileira para a 2ª edição do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos “Óscar Arnulfo Romero”, uma iniciativa da Fundação SM em parceria com a OEI. O Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos reconhece o trabalho de instituições que participam ativamente na defesa e na promoção dos Direitos Humanos por meio da educação e da pedagogia. Os vencedores do Prêmio Ibero-americano serão anunciados no II Seminário Internacional sobre Educação em Direitos Humanos, que acontece na Colômbia, no fim de 2017.