MinC divulga a lista de habilitados no 8º Prêmio Vivaleitura

MinC divulga a lista de habilitados no 8º Prêmio Vivaleitura

OEI. 22/03/2016
Tamanho do texto+-

O Ministério da Cultura (MinC), por meio da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB), divulgou, nesta segunda-feira (21), o resultado da fase de habilitação do 8º Prêmio Vivaleitura. A iniciativa selecionará quatro ações de promoção de leitura, que receberão, cada uma, R$ 25 mil. Candidatos inabilitados podem impetrar recurso até meia-noite de 23 de março pelo e-mail: premiovivaleitura@oei.org.br.

O Prêmio Vivaleitura foi criado em 2006, como desdobramento do Ano Ibero-Americano da Leitura. É uma ação conjunta dos ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC) e integra o Plano Nacional de Livro e Leitura (PNLL). O objetivo é estimular, fomentar e reconhecer as melhores experiências que promovam a leitura.

São premiados projetos nas seguintes categorias: Biblioteca Viva; Escola Promotora de Leitura; Território da Leitura; e Cidadão Promotor de Leitura (pessoa física), que desenvolvam trabalhos na área de leitura. Um dos destaques do prêmio é a menção honrosa José Mindlin, que, a cada ano, reconhece iniciativas que se destaquem por seu impacto e abrangência.

O prêmio conta com a parceria da Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Fundação Santillana.

Foram 1.467 projetos inscritos, dos quais 1.162 habilitados e 305 inabilitados. O número é superior à última edição, ocorrida em 2014, quando foram registradas 998 inscrições.

Confira aqui a lista de habilitados e inabilitados, por categoria.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura