OEI e Grupo ENEL concluem o Programa Luzes para Aprender em escolas do Ceará

OEI e Grupo ENEL concluem o Programa Luzes para Aprender em escolas do Ceará

OEI. 09/12/2015
Tamanho do texto+-

Brasília, 05 de dezembro de 2015. A OEI participou, no dia 04 de dezembro, no Auditório da Universidade Federal do Ceará, da cerimônia de entrega e encerramento do Projeto Luzes para Aprender no Brasil. O evento contou com a participação de alunos, professores e coordenadores, gestores, representantes das instituições parceiras, prefeitos e secretários dos 3 municípios beneficiados pelo projeto.

Os objetivos do Programa da OEI foram cumpridos através da instalação de placas de energia solar para gerar energia elétrica sustentável e mais econômica em três escolas públicas do Ceará - EMEF Ernesto Gurgel Valente em Aquiraz; EMEF Poetiza Abigail Sampaio em São Gonçalo do Amarante; EEM José Martins Rodrigues em Quixadá – e da formação de professores voltada ao uso pedagógico de computadores. 

A instalação dos painéis solares foi realizada pela Prátil, empresa do Grupo Enel e a capacitação digital dos professores, pela Universidade Federal do Ceará. Com esse passo, os 3 municípios participantes escolas contam com escolas mais sustentáveis, professores com mais recursos digitais de apoio ao ensino-aprendizagem, e comunidade escolar mais consciente no que se refere ao consumo de energia e recursos naturais.

O Programa Luzes para Aprender é um modelo técnico de cooperação internacional em favor da melhoria da qualidade e da equidade da educação em escolas distantes dos grandes centros. Em alguns países da região ibero-americana, levou energia elétrica a escolas que não a possuíam, instalou painéis solares, bem como promoveu o acesso à internet e a computadores, favorecendo a inclusão social e o combate à pobreza e à desigualdade. O programa já beneficiou mais de 474 escolas ibero-americanas nos últimos 3 anos.