OEI participa da cerimônia de entrega do Prêmio Undime de Jornalismo

OEI participa da cerimônia de entrega do Prêmio Undime de Jornalismo

OEI. 23/11/2015
Tamanho do texto+-

 

Brasília, 23 de novembro. A Coordenadora de Cooperação Técnica na OEI, Cláudia Baena, participou em Brasília da cerimônia de entrega do Prêmio Undime de Jornalismo, ocorrida na ultima sexta-feira (20.11), e do Seminário sobre “Boas iniciativas na educação básica pública municipal".

O Prêmio Undime de Jornalismo é uma iniciativa da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em parceria com a OEI, a Fundação Itaú Social, a Fundação Lemann, a Fundação Santillana, o Unicef, o Instituto C&A e a Unesco no Brasil e tem como objetivo valorizar e reconhecer a prática jornalística voltada à identificação e discussão de boas iniciativas municipais na educação básica pública.

Nesta primeira edição do Prêmio foram agraciados trabalhos em quatro categorias: mídia impressa (jornal ou revista), telejornalismo, radiojornalismo e webjornalismo.   Grandes e pequenos jornais, rádios, revistas especializadas, TVs e sites de todas as regiões brasileiras inscreveram um total de 202 trabalhos, concorrendo a 13 premiações. A OEI integrou a comissão de jurados na categoria webjornalismo e procedeu à entrega do prêmio na mesma categoria.

 

Confira quem foram os premiados do 1º Prêmio Undime de Jornalismo:

Categoria Mídia Impressa:

1º lugar: “Vozes do silêncio”, Diário do Nordeste – de Beatriz Jucá. 

2º lugar: “Mestres da criatividade”, Diário de Pernambuco – de Anamaria Melo do Nascimento. 

3º lugar: “Educar em áreas de conflito”, O Globo – série de reportagens feita pelos jornalistas Antônio Gois, Paula Ferreira, Raphael Kapa, Renata Mariz, Carol Knoploch, Paula Araújo, com imagens de Antonio Scorza, Pedro Kirilos e André Coelho.

Categoria Webjornalismo:

1º lugar: “Com a palavra, as crianças”, Gestão Escolar – de Aurélio Amaral e Karina Padial

2º lugar: “Projeto de incentivo à leitura é destaque em escola do sertão da Bahia”, Website Nova Esperança no Ar – de Anderson Ferreira de Souza. Em Malhada de Pedras (BA)

3º lugar: “Uma escola em que os alunos têm voz”, Na Responsa! – de Ludimila Honorato e Larissa Valença

Categoria Radiojornalismo: 

1º lugar: “Projeto Horta Escolar Integra conhecimentos e alimentação saudável em escolas e Cemeis de Goiânia”, Rádio Brasil Central AM e RBC FM – de Riva Blanche Kran, com produção de Vânia Savioli e sonorização de Marcos Leandro. 

2º lugar: “O Entorno da Educação”, Rádio BandNews FM Brasília – de Ivan Brandão, com edição de Rodrigo Orengo e sonorização de Daniel Costa. 

3º lugar: “Ilha José Novais”, CBN João Pessoa – de Hebert Araújo. Reportagem aponta o impacto transformador de escola pública de excelência localizada em bairro com contexto socioeconômico desfavorável, e marcado pela violência na periferia de João Pessoa (PB).

Categoria Telejornalismo:

1º lugar: “Projeto Educacional Bonecas Negras”, Gazeta Comunidade - TV Gazeta afiliada Globo ES – de Camila Sandrini com imagens de Carlos Palito. 

2º lugar: “Educação inclusiva: Além da Obrigatoriedade”, TV Claret – de Janaina Aparecida Moro. 

3º lugar: “Filhos de Augusto: O despertar da leitura e a busca do ‘Eu”, TV Assembleia –de José Wanderley Costa Filho; com produção de Normando Dias, Edição de Wellyton Queiroz, imagens de Hiran Medeiros e assistência técnica de Severino Ramos.

Menção Honrosa:

“O difícil retorno”, Revista Educação – de Christina Stephano de Queiroz com imagens de Gustavo Marita.