OEI participa do lançamento de Concurso sobre Direitos Humanos da SDH
OEI participa do lançamento de Concurso sobre Direitos Humanos da SDH

OEI participa do lançamento de Concurso sobre Direitos Humanos da SDH

OEI. 09/11/2015
Tamanho do texto+-

Brasília, 09 de novembro. A Diretora da OEI Brasil, Adriana Weska, participou do lançamento do Concurso Nacional Sistemas Internacionais de Direitos Humanos, ocorrido na sede da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), nesta segunda-feira.

O Concurso Nacional Sistemas Internacionais de Direitos Humanos é realizado pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, com o apoio da OEI, da Enap e da Unesco. Os temas principais desta edição incluem privação de liberdade, tortura, redução da idade penal e discurso de ódio. O concurso tem a participação de estudantes universitários de todo o país, com o objetivo de contribuir para uma cultura de direitos humanos no Brasil. 

Além da OEI, participaram da mesa de abertura Rogério Sottili, Secretário Nacional de Direitos Humanos; Gleisson Rubin, Presidente da Enap; Cristiana Freitas, Coordenadora-Geral de Educação em Direitos Humanos da SDH e Fábio Soares Eon, Oficial de Programa Sênior da Unesco.

Adriana ressaltou que a OEI mantém um instituto de educação em direitos humanos, com sede na Colômbia. A missão do instituto é a de fortalecer, garantir e promover os direitos humanos, os valores cívicos e democráticos, a convivência pacífica nos estados-membros, para a consolidação da democracia e da governabilidade por meio da formação, assistência técnica, pesquisa e divulgação.

A parceria da OEI com a Secretaria Especial de Direitos Humanos data de 2007 com ações no campo da pessoa com deficiência, na área de educação em direitos humanos e na execução do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos. Em 2015, o concurso expandiu sua área de atuação para a ibero-américa, tornando-se o Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos. A entrega da premiação será feita pelo Secretário-Geral da OEI, Paulo Speller, em dezembro, na Colômbia.