OEI sedia reunião dos países ibero-americanos sobre Educação ao Longo da Vida

OEI sedia reunião dos países ibero-americanos sobre Educação ao Longo da Vida

OEI. 29/04/2016
Tamanho do texto+-

A OEI realizou ontem, na sua sede no Brasil, a I Reunião do Comitê Intergovernamental do PIALV (Plano Ibero-americano de Educação ao Longo da Vida). Tendo como ponto de partida o direito à educação, o plano tem por objetivo universalizar a alfabetização na Ibero-américa e oferecer a toda a população jovem e adulta a possibilidade de concluir sua educação básica e dar continuidade à sua formação ao longo da vida. A coordenação institucional do Plano está a cargo da OEI e da SEGIB e a coordenação técnica é feita pela OEI.

A abertura do evento foi realizada pelo Secretário-Geral da OEI, Paulo Speller, que agradeceu a presença dos participantes e ressaltou a alteração da composição do comitê, de técnico para intergovernamental, uma vez que o grupo será reforçado por essa nova condição.

Destacou ainda a presença dos demais organismos no evento, em especial a Unesco. Afirmou que a aliança com este organismo é muito importante para a OEI e, pessoalmente para o próprio Speller, que atuou como consultor da Unesco em países africanos lusófonos, em apoio aos seus processos de independência. Recordou a enriquecedora missão realizada em Angola, logo após a deposição do MPLA, quando a equipe governamental de portugueses se retirou do país e a Unesco, com um grupo de 70 pessoas, assumiu o desafio de auxiliar na reestruturação do sistema educacional do país em 3 meses.

Os trabalhos foram coordenados pelo Diretor de Programa Educacionais e Culturais da OEI, Carlos Abicalil. Participaram do evento os membros do comitê, representando os governos de 16 países ibero-americanos. Além da Unesco, representada pela OREALC - Oficina Regional de Educação para a América Latina e Caribe  e pelo UIL – Institute for Lifelong Learning, acompanharam o evento representantes da Unila, do CREFAL e do Instituto Nacional para a Educação de Adultos do México – INEA.

Dentre as deliberações, foram aprovados por unanimidade a ata da reunião anterior do comitê técnico, o regulamento de funcionamento do comitê e o cronograma de trabalho.