Secretário-Geral da OEI participa da mesa de abertura do SEMINÁRIO INTERNACIONAL INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: PARCERIAS, INICIATIVAS E PERSPECTIVAS
Secretário-Geral da OEI participa da mesa de abertura do SEMINÁRIO INTERNACIONAL INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: PARCERIAS, INICIATIVAS E PERSPECTIVAS

Secretário-Geral da OEI participa da mesa de abertura do SEMINÁRIO INTERNACIONAL INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: PARCERIAS, INICIATIVAS E PERSPECTIVAS

OEI. 18/04/2018
Tamanho do texto+-

Secretário – Geral da OEI, Sr. Paulo Speller participou do Seminário realizado na Câmara dos Deputados, no dia 18 de abril de 2018, às 9h, no auditório Nereu Ramos. O seminário organizado pelo Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (Cedes), com o intuito de incluir a discussão sobre Desenvolvimento Regional na agenda legislativa, tem como tema o denso estudo conduzido pelo Cedes e tem como relator o deputado federal, Vitor Lippi (PSDB/SP). O evento contou com a participação de parlamentares, autoridades do executivo, reitores, pesquisadores e especialistas no tema.

O objetivo do estudo é delinear uma Política Nacional de Desenvolvimento Territorial para o país, inserindo formalmente as instituições de Ensino Superior como atores-chave neste processo, com a criação de “Centros de Desenvolvimento Regional” capazes de articular os principais atores para a elaboração de planos estratégicos de desenvolvimento, com impactos sociais e ambientais positivos.

Proposta Inovadora

A proposta de criação dos CDRs nasceu a partir do estudo do Cedes sobre “Instituições de Ensino Superior e o Desenvolvimento Regional: potencialidades e desafios”, que teve como relator o deputado federal Vitor Lippi. A elaboração do trabalho levou cerca de 2 anos e contou com o envolvimento de mais de 30 entidades do Poder Público, da iniciativa privada, da sociedade civil e, em especial, da rede das instituições de ensino superior. O trabalho está disponível na página do Cedes na internet (www.camara.leg.br/cedes).

Diferentemente de Grupos de Pesquisa cadastrados junto ao CNPq e de unidades acadêmicas convencionais, os CDRs não são pautados por uma agenda de pesquisa científica autárquica: conjugam interesses acadêmicos e necessidades do território. Os estudantes envolvidos serão estimulados a permanecerem na região, desenvolvendo ações empreendedoras junto a suas comunidades e ao setor produtivo do entorno. Já para os professores, o trabalho nos CDRs contará para progressão na carreira.