Aberta inscrição de trabalhos no XI Congresso ibero-americano de indicadores de ciência e tecnologia

Aberta inscrição de trabalhos no XI Congresso ibero-americano de indicadores de ciência e tecnologia

OEI. 19/07/2019
Tamanho do texto+-

Pesquisadores, acadêmicos e profissionais da área de ciência e tecnologia têm até 31 de março de 2020 para inscrever propostas para apresentar no XI Congresso Ibero-americano de indicadores de ciência e tecnologia. Dividido em 13 painéis temáticos, o encontro é voltado para pessoas que se dedicam ao impacto social das ciência, tecnologia e inovação no desenvolvimento das sociedades, bem como a relação de indicadores dessas áreas.

O Congresso ocorre em setembro de 2020, em Lisboa, Portugal e tem por objetivo a análise e formulação de políticas científicas e tecnológicas. O evento é organizado pela Rede Ibero-Americana de Indicadores de Ciência e Tecnologia (RICYT). O Observatório Ibero-americano de Ciência, Tecnologia e Sociedade (OCTS), da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) é um dos parceiros da iniciativa.

As propostas apresentadas serão avaliadas por um comitê acadêmico do Congresso. Os trabalhos podem ser incluídos nos painéis ou fazer parte dos pôsteres. Os artigos devem ser enviados por correio eletrônico para o endereço: ricyt@ricyt.org. O resultado da seleção será anunciado por correio eletrônico em maio de 2020. Os autores das propostas aceitas devem enviar os trabalhos completos até 15 de agosto de 2020. 

Confira os 13 temas do Congresso:

• Particularidades dos indicadores de ciência, tecnologia e inovação na Ibero-América
• Características locais e comparação global do Impacto social da ciência e tecnologia: que informação os indicadores podem oferecer?
• Sociedade da Informação: 15 anos após o Manual de Lisboa, quais são os desafios de avaliação da sociedade digital?
• Indicadores de gênero, ciência, tecnologia e inovação
• Indicadores de produção científica, acesso aberto e novas tecnologias
• Indicadores de vinculação de instituições com seu ambiente
• Indicadores de inovação: de Bogotá a Oslo 4 e como medir o impacto econômico da ciência e tecnologia
• Indicadores de cultura científica, percepção e apropriação social da ciência e tecnologia
• Mobilidade dos pesquisadores. Geográfica (dentro e fora do país) e setorialmente
• Medição de vocações científicas, formação profissional e acesso a carreiras científicas e tecnológicas
• Indicadores do ensino superior e sua importância para a mensuração da ciência e tecnologia
• Indicadores e avaliação da atividade científica
• O futuro dos indicadores: como as informações estatísticas são acessadas, processadas e visualizadas? Como tirar proveito de novas fontes e técnicas de processamento (dados administrativos, big data, web scrapping)?

Datas relevantes
31 de março de 2020 – prazo final de apresentação de trabalhos
31 de maio de 2020 – resultado da avaliação dos trabalhos propostos
15 de agosto 2020 – prazo final para envio do trabalho completo
08 a 10 de setembro de 2020 – XI Congresso Ibero-americano de indicadores de ciência e tecnologia