MinC e OEI apresentam ações e projetos no MicBR

MinC e OEI apresentam ações e projetos no MicBR

OEI. 03/11/2018
Tamanho do texto+-

Na próxima semana, de 5 a 11 de novembro, a Avenida Paulista será palco de um megaevento que vai conectar milhares de empreendedores dos setores cultural e criativo da indústria nacional e internacional, especialmente da América do Sul. Trata-se da primeira edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil, o MicBR, realizado pelo Ministério da Cultura (MinC) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a Organização de Estados Ibero-americanos (OEI). O MicBR 2018 reunirá dez setores: artes cênicas (circo, dança e teatro), audiovisual, animação e jogos eletrônicos, design, música, museus e patrimônio, artes visuais, moda, editorial e gastronomia. 

“A cultura é um elemento chave da sociedade ibero-americana. É um dos principais meios de reconhecer e dar projeção à diversidade e à riqueza, no sentido amplo da palavra, de cada nação. Estamos felizes de fazer parte de um evento que impulsiona a importante discussão sobre o fortalecimento das redes culturais e da economia criativa”, afirma o Secretário-Geral da OEI, Mariano Jabonero.

Painéis

Toda a programação do MicBR tem a parceria da OEI e, em alguns painéis, a Organização está diretamente envolvida. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é parceiro da OEI e um dos patrocinadores do evento. São painéis que trazem para discussão temas que já são tratados dentro de projetos encabeçados pela própria Organização. “A OEI está presente em todo o evento e para alguns painéis trouxemos exemplos e desafios de projetos específicos que já estão em andamento nos países ibero-americanos. É o caso do painel sobre Fortalecimento de Redes Culturais, onde traremos um pouco a experiência da Carta Cultural Ibero-americana”, afirma o Diretor da OEI no Brasil, Raphael Callou.

Outros temas importantes que irão discutir questões atuais, como formas de preservação dos museus, educação conectada e de direitos humanos, e métodos sustentáveis de produção cultural, também fazem parte da programação da OEI.

Ao longo dos sete dias, em todas as mesas que compõem a programação do MicBR, é esperada a participação diária de 2 mil pessoas nas atividades de mercado e de 3 mil na programação cultural. Esses números devem saltar para até 30 mil pessoas no fim de semana que encerra o evento, em 10 e 11 de novembro, nas diferentes atrações espalhadas por centros culturais da Avenida Paulista. Cerca de 500 empresas e aproximadamente 100 compradores internacionais devem ajudar a movimentar mais de US$ 10 milhões em negócios durante o evento.