OEI amplia parceria de projetos voltados à primeira infância

OEI amplia parceria de projetos voltados à primeira infância

OEI. 06/03/2020
Tamanho do texto+-

A Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) começa a estruturar as iniciativas de primeira infância a serem implementadas em 2020. Dentre as ações programadas para a área está a realização do II Seminário Diálogos da Ibero-América: Primeira Infância. O encontro deste ano deve contar com a parceria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). 

O Seminário visa promover o debate entre gestores públicos, professores das redes de ensino e pesquisadores sobre as experiências exitosas no campo das políticas públicas destinadas a esta etapa da vida. Esta semana representantes da OEI reuniram-se com o presidente da Undime, Luiz Miguel Martins Garcia, para discutir de que forma ambas as instituições podem se apoiar, principalmente no que se refere às ações relacionadas à educação infantil.

“A participação de instituições como a Undime nos projetos de primeira infância da OEI contribui com soluções reais encontradas para desafios na atenção às crianças em diversas regiões do Brasil”, destaca o diretor e chefe da representação da OEI no Brasil, Raphael Callou.

A primeira edição do seminário ocorreu em Brasília, no final de 2018 e contou com a presença de integrantes da OEI da Argentina, Chile e Colômbia. A troca de experiência sobre realidades parecidas com os desafios do Brasil proporcionou o conhecimento de experiências de boas práticas e formas de ampliar o acolhimento para crianças de zero a três anos de idade, um dos assuntos destaques do encontro.

No final do ano passado, o secretário-geral da OEI, Mariano Jabonero, esteve no Brasil e assinou, juntamente com o presidente do CNJ e do STF, Dias Toffoli, um protocolo de intenções para as duas instituições, juntas, promoverem e desenvolverem programas e ações nas áreas de cultura e educação no campo da primeira infância. A medida viabilizou a cooperação técnica para o a realização de um conjunto de ações por meio do Pacto Nacional pela Primeira Infância, firmado em junho de 2019 entre o CNJ e diversos atores que integram a rede de proteção à infância no Brasil.

Em meados do ano passado, a OEI Brasil participou, na Colômbia, da criação da Rede Ibero-Americana de Primeira Infância. A rede é coordenada pela Secretaria-Geral da OEI, em Madri, e constitui-se como espaço de partilha de experiências, contando com a participação de peritos em primeira infância dos Ministérios da Educação de 20 países ibero-americanos.

Em uma educação infantil de qualidade se encontram as condições para o desenvolvimento pleno e integral das crianças. E, nesse sentido, o envolvimento da OEI Brasil nas discussões dessa área enriquecem a atenção e a atuação da Organização no acompanhamento das questões relacionadas ao tema no Brasil e na região ibero-americana.