OEI e AECID assinam o Plano Operativo Anual para 2018

OEI e AECID assinam o Plano Operativo Anual para 2018

OEI. 23/01/2018
Tamanho do texto+-

Nesta segunda-feira (22/01), Fernando García Casas, secretário de Estado de Cooperação Internacional para a Ibero-América e o Caribe (SECIPIC), e Paulo Speller, secretário-geral da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), assinaram o Plano Operativo Anual (POA) que será desenvolvido em 2018.

A assinatura se deu na Casa de América, em Madri (Espanha), durante a reunião das Comissões Mistas, realizada pela Secretaria de Estado e a AECID (Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento) com os organismos ibero-americanos (SEGIB, COMJIB, OISS, OIJ e OEI). Na ocasião, foram formalizados os acordos que envolvem o Fundo SECIPIC/AECID e as atuações de cada um dos organismos.

O plano de trabalho apresentado pela OEI e firmado pelas duas instituições inclui quatro linhas estratégicas vinculadas com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 (ODS4) na Agenda Educativa 2030:

. Fortalecimento da educação ao longo da vida, a ser desenvolvida em consonância com o fortalecimento da rede de aprendizagem e a geração de conhecimento e ferramentas inovadoras para apoiar os países em matéria de Educação e Formação Técnico Profissional (EyFTP), por meio da difusão e transferência de experiências de êxito e da promoção da formação docente de EyFTP.

. Manutenção da linha de mobilidade acadêmica, um dos recursos mais poderosos na construção de um espaço comum do conhecimento que constrói uma identidade ibero-americana em termos de cooperação técnica. Nesse sentido, cobre especial interesse o programa Paulo Freire, administrado pela OEI e que tem como finalidade facilitar a mobilidade de alunos universitários em cursos de graduação e pós-graduação em carreiras condizentes com o exercício da profissão docente.

. Apoio integral a pessoas refugiadas, desabrigadas e deportadas na América Central, especialmente o apoio à educação de crianças e adolescentes.

. Transformação do entorno escolar para o desenvolvimento da convivência e a promoção da paz, para mitigar a violência em qualquer de suas formas, identificando a educação como una das estratégias mais eficazes nesta prevenção.

Durante a reunião, o secretário-geral da OEI fez um resumo do trabalho que a organização vem fazendo na região ao longo de seus quase 70 anos. Também destacou que em 2018 a OEI identificará novas linhas de trabalho vinculadas à educação que permitam avançar nas próximas colaborações.

Com a assinatura deste POA, inicia-se um novo caminho da OEI com a SECIPIC e a AECID, centrado na educação, sem perder de vista a diversidade cultural, alinhado com as Metas 2021 e a Agenda 2030.