OEI e BID avançam no fortalecimento da educação na Ibero-América

OEI e BID avançam no fortalecimento da educação na Ibero-América

OEI. 25/10/2019
Tamanho do texto+-

O secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-americanos de Educação, Ciência e Cultura (OEI), Mariano Jabonero, realizou uma reunião com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno para ampliar a atenção à educação na região. O encontro ocorreu esta semana na sede do BID, em Washington, Estados Unidos.

Durante a reunião, os representantes de ambas as instituições analisaram novas iniciativas a serem executadas em breve e avaliaram o andamento dos projetos educacionais que o BID e a OEI realizam em colaboração no Paraguai, Panamá e Chile, alguns dos países em que o OEI tem presença com representação.

No Paraguai, são desenvolvidos cerca de 20 projetos com o BID, entre os quais: “Matemática na minha escola”. A iniciativa visa desenvolver e validar um currículo de matemática para o nível da educação primária em um contexto de professores com importantes lacunas no ensino de conteúdos e na pedagogia. Também há “cursos de gestão pública” que treinam técnicos do Ministério das Finanças na gestão pública.

No Panamá, um projeto da OEI que trabalha sobre o bilinguismo e a interculturalidade no ensino de matemática com meninos e meninas da educação inicial em populações nativas é realizado em conjunto com a “Matemática Intercultural Pré-Escolar Bilíngue” do BID. Já no Chile é desenvolvido um projeto de inovação e pesquisa em educação para a América Latina e o Caribe.

O secretário-geral da OEI também teve a oportunidade de informar ao presidente do BID do recém-criado Instituto Ibero-Americano de Educação e Produtividade (IIEyP) da OEI. O instituto tem como objetivo analisar a competitividade e a produtividade dos fatores de produção dos países ibero-americanos, identificar as melhores práticas em políticas que favoreçam a criação e aplicação de conhecimento e inovação. A medida visa estimular o crescimento econômico, promover estudos de especialistas e instituições em assuntos correlatos, bem como projetos de cooperação específicos para melhorar a produtividade.