OEI é convidada a debater sobre a educação com especialistas brasileiros

OEI é convidada a debater sobre a educação com especialistas brasileiros

OEI. 15/02/2019
Tamanho do texto+-

O diretor da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), Raphael Callou, participou hoje, 15, no Rio de Janeiro, de mesa redonda sobre educação brasileira. Promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o evento vai até este sábado e reúne especialistas de alto nível da educação no país.

"A educação precisa que tenhamos foco nas convergências, acima do dissenso”, afirma Raphael Callou. O diretor da OEI lembrou que a educação básica no Brasil hoje é universal, "mas a qualidade ainda é um desafio a ser superado." Raphael apresentou aos especialistas presentes suas considerações durante o painel que discutiu: como tornar a educação brasileira internacionalmente competitiva.

O encontro ocorre no Centro Cultural da FGV, no Rio. Da Fundação estão presentes o presidente da FGV-RJ, Carlos Ivan Simonsen Leal, o professor Antônio Freitas e o diretor do Centro de Gestão Municipal e Políticas Educacionais da FGV, Henrique Paim, que já foi ministro da Educação.

Os debates levantam pontos que devem ser aprimorados na educação brasileira. O compartilhamento de ideias entre os doutores da Educação visa apoiar o Estado em todos os níveis educacionais.

Dentre os especialistas estão referências nacionais da política educacional brasileira como o presidente do Conselho Nacional de Educação, Eduardo Deschamps e a professora Maria Helena, que já atuou como secretária-executiva do Ministério da Educação.

Os temas foram sugeridos pelos participantes e organizados em grandes áreas pelo Centro de Gestão Educacional e a Pró-reitoria de Ensino, Pesquisa e Pós-graduação, ambos da FGV.