OEI participa da primeira Campus Party da Região Amazônica

OEI participa da primeira Campus Party da Região Amazônica

OEI. 03/08/2018
Tamanho do texto+-

A Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) está presente na primeira Campus Party da região Norte. O encontro de tecnologia, empreendedorismo e cultura maker ocorre em Porto Velho, Rondônia, até dia 5. O diretor da OEI no Brasil, Raphael Callou, participou hoje do painel sobre cidades e tecnologias para a Amazônia sustentável. A apresentação faz parte do 1° Fórum Internacional da Amazônia Sustentável na Campus Party Rondônia.

“A OEI tem sempre em mente a importância de apoiar os processos de inovação que podem ser realizados por meio do uso de tecnologia, suportes digitais. A aplicação de novas metodologias vai além do ensino e aprendizagem, atuando como uma ferramenta de promoção da cidadania e de garantia dos direitos, sempre prezando pela ótica da sustentabilidade em todas as suas acepções”, observa Raphael Callou.

O evento conta com o espaço “Open Campus”, aberto para visita gratuita dos campuseiros e moradores rondonienses. A expectativa é oferecer mais de 250 horas de conteúdo e levar mais de 2 mil campuseiros ao espaço. Além dos temas comuns a toda Campus Party, a intensa programação de cinco dias contará com palestras, workshops e acampamento para campuseiros.

A ideia é tornar Rondônia uma referência entre os estados do Norte e do Brasil como uma interlocutora digital. “É uma oportunidade de criar um fluxo de informações e intercâmbio de transformações entre pessoas de várias partes do país, que estarão aqui neste período, criando um verdadeiro ecossistema", afirma o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia.

Está prevista a participação de cerca de 350 palestrantes nacionais e internacionais, dentre os quais a diretora fundadora do consórcio Women in Infrastructure Development & Energy (Winde),Sharron McPherson e o pesquisador e designer 3D brasileiro, Cícero Moraes.

Por meio da Winde, Sharron reúne o maior grupo de mulheres em investimentos em infraestrutura da África. Já o pesquisador Cícero Moraes é especialista em reconstrução de faces e apresentará a primeira reconstrução facial de um ancestral indígena da região Norte do Brasil em impressora 3D.

O Fórum Amazônia Sustentável que a OEI faz parte conta com a participação de representantes do governo e especialistas de áreas como tecnologia, empreendedorismo, engenharia ambiental, biologia, engenharia florestal, turismo e educação. O grupo se reúne no palco principal para debater e trazer soluções para a Amazônia, relacionadas a temas como uso da água, recuperação e preservação de nascentes, questões ambientais que trazem impacto direto e indireto à Região Amazônica. Uma parceria do Instituto Campus Party com o Sebrae de Rondônia e o governo do estado.