OEI participa na Argentina da 45ª Reunião de Ministros de Cultural do Mercosul

OEI participa na Argentina da 45ª Reunião de Ministros de Cultural do Mercosul

OEI. 27/06/2019
Tamanho do texto+-

A 45ª Reunião de Ministros de Cultural do Mercosul na última quinta-feira, 27, contou com a presença das mais altas autoridades de Cultura da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai. Trata-se da instância do bloco econômico, cuja função é promover a disseminação e o conhecimento dos valores culturais e tradições dos Estados Partes, bem como projetar políticas públicas comuns entre os países membros.

O diretor da OEI no Brasil, Raphael Callou, acompanhou o encontro que marca a passagem da presidência pro tempore do Mercosul Cultural para o Brasil. A OEI tem realizados acordos de cooperação na área cultural com o Brasil que visam contribuir para o fortalecimento da capacidade técnica, promoção e sustentabilidade da função social e educativa de iniciativas culturais.

“Os projetos e ações firmados com o país alinham-se ao desenvolvimento socioeconômico de comunidades locais”, destaca Raphael Callou. A cooperação no âmbito cultural busca também ampliar as capacidades institucionais de organizações públicas e não governamentais no fortalecimento e aperfeiçoamento de políticas e programas culturais. Contribui também com o intercâmbio regional de programas e ações.

As autoridades culturais abordaram na reunião as diferentes políticas culturais regionais desenvolvidas durante o semestre pelas comissões especializadas do Mercosul Cultural. As discussões envolvem desde patrimônio cultural à combate ao tráfico ilícito de bens culturais. As comissões também dedicam atenção a questões relacionadas a museus, economias criativas, bem como sistemas de informação cultural, diversidade cultural, dentre outros aspectos que fazem parte do programa de trabalho 2019-2020 do Mercosul Cultural.

A reunião contemplou ainda um espaço para debate e troca de opiniões. Dois tópicos de especial ocuparam a agenda de interesse para a gestão cultural da região. Em primeiro lugar, os Ministros debaterão as alianças estratégicas do Mercosul Cultural e sua articulação com outros espaços de integração (Aliança do Pacífico, União Europeia) e organizações internacionais (OEI, Unesco).

Por fim, discutiu-se estratégias de integração regional para os setores criativos do Mercosul, colocando em foco o Relatório Global 2018 da Unesco - Repensar as Políticas Culturais.