OEI promove Diálogos sobre Educação Inclusiva como Prevenção do Fracasso Escolar

OEI promove Diálogos sobre Educação Inclusiva como Prevenção do Fracasso Escolar

OEI. 31/03/2015
Tamanho do texto+-

No dia 31 de março ultimo, realizou-se em São Paulo o evento “Diálogos sobre a educação Inclusiva como Prevenção do Fracasso Escolar”, promovido pela OEI em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e com apoio da Fundação Mapfre.A Professora Terezinha Rios, doutora em filosofia, ministrou a palestra:"Diálogos sobre Educação Inclusiva como Prevenção do Fracasso Escolar", com a moderação do professor doutor Fernando José de Almeida, e abordou o tema da educação inclusiva sob a perspectiva da ética e da justiça. Participaram do debate cerca de 100 educadores da cidade de São Paulo. O evento contou com a presença do Secretário-Geral da OEI, Paulo Speller, do Secretário de Educaçãodo município de São Paulo, Gabriel Chalita, do Presidente da Mapfre Brasil, Wilson Toneto e da Diretora de Políticas de Educação Especial do Ministério de Educação, Martinha Clarete.

Na ocasião foi assinado um convênio de Cooperação entre a OEI ea Fundação Mapfre que tem por objetivo contribuir para melhoria do desempenho escolar de alunos em situação de vulnerabilidade: alunos indígenas, afrodescendentes, alunos com deficiência, em situação de pobreza ou alunos de zonas rurais. Possibilitará, ainda, o desenvolvimento do Projeto Ibero-americano de inclusão educativa como prevenção do fracasso escolar em quatro países: Brasil, Chile, Colômbia e México. A Diretora de Políticas de educação Especial do MEC, Martinha Clarete ressaltou na ocasião a importância da parceria com a OEI para o desenvolvimento de atividades na área de educação inclusiva.

Foi também assinado o projeto de cooperação técnica entre a OEI,a Secretaria de Educação do Município de São Paulo e Agencia Brasileira de Cooperação, que abrangerá ações em toda a educação básica e em todas as regiões da cidade de São Paulo. Visa colaborar para que São Paulo possa melhorar e ampliar a oferta da educação básica de modo a elevar o índice de desenvolvimento da educação básica -IDEB, bem como modernizar e atualizar os processos e instrumentos de gestão das escolas e formular e implantar programas de valorização da carreira docente. O Secretário Chalita agradeceu a OEI por essa importante parceria e enfatizou a relevância desse projeto para contribuir com os esforços do município em oferecer uma educação para todos com equidade, relevância e qualidade. O Secretario-Geral da OEI, D.Paulo Speller, enfatizou que a OEI é uma Organização que cada vez mais vem se consolidando nos países da região e contribuindo com os governos para melhorar suas políticas e programas no campo da Educação, Ciência e Cultura. Expressou ainda a satisfação de poder colaborar com uma cidade como São Paulo por sua representatividade no país e no continente.