OEI realiza roda de conversa sobre cultura maker no ConectaIF 2018

OEI realiza roda de conversa sobre cultura maker no ConectaIF 2018

OEI. 07/08/2018
Tamanho do texto+-

A Organização dos Estados Ibero-americanos esteve hoje, 7, no ConectaIF 2018, em Brasília. Coordenado pelo Instituto Federal Brasília (IFB), o encontro nas áreas de educação profissional, científica e tecnológica vai até dia 10 de agosto, é aberto e gratuito. O evento reúne, em um só local, dezenas de atividades culturais, tecnológicas e de pesquisa.

Além do diretor da OEI no Brasil, Raphael Callou, a roda de conversa com jovens sobre “Cultura maker e empreendedorismo” contou com a participação do idealizador da Campus Party, Francesco Farruggia, e do representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Públio Valadares Ribeiro.

A convite da OEI, os integrantes das organizações não-governamentais Alfasol, Maristela Miranda, e da Explorum, Eduardo Azevedo, apresentaram o trabalho desenvolvido em São Paulo com estudantes que têm pouco acesso a novas tecnologias. Utilizando material tecnológico reciclado, Eduardo trabalha com os jovens criando engenhocas criativas e desenvolvendo o empreendedorismo. O projeto vai capacitar até o fim deste ano 170 participantes entre 15 e 24 anos de idade.

Raphael ressaltou a importância de parcerias como as que a Organização realiza com o Projeto Include, MCTIC, Afasol e Explorum. “Divulgam iniciativas de promoção e acesso a novas tecnologias no âmbito da educação e do empreendedorismo social e promovem o acesso democrático as novas tecnologias”.

Uma das participações marcantes foi a do estudante do IFB, Matheus Breno, de 22 anos. O jovem falou na roda de conversa da OEI sobre a carência de trabalhos como os que foram apresentados pelos Projetos Include, do Instituto Campus Party, e o Engenhoca Criativa, da Explorum. Atento à promoção da educação social por meio da cultura maker, o estudante dedica-se atualmente no desenvolvimento de um fliperama educativo.